Vantagem nos play-offs

Técnico Demétrius comanda a boa fase do Minas (Orlando Bento/Minas)


O Minas ainda luta pelo G-4 do Novo Basquete Brasil. Atualmente na quinta colocação, com 17-9 (65,4%), o time persegue o Mogi e o Flamengo, que tem 17-7 (70,8%), que estão atrasados em duas rodadas. Para alcançar esse objetivo, porém, o Minas teria que triunfar nas quatro partidas que lhe resta e torcer por, pelo menos, três insucessos de um desses adversários.

Os minastenistas tem pela frente dois jogos fora de casa, contra Limeira (18/03) e Rio Claro (20/03), e dois na Arena, frente Palmeiras (01/04) e Pinheiros (03/04). O Mogi das Cruzes, do técnico Paco Garcia, tem dois jogos em casa, contra Liga Sorocabana e Paulistano, e quatro fora, contra Flamengo, Macaé, Bauru e Franca. Já os rubro-negros do Rio tem duas partidas como visitante, contra Basquete Cearense e Brasília, e quatro em casa, enfrentando Mogi, São José, Rio Claro e Limeira.

O G-4 permite ao times folgarem no primeiro round dos play-offs. Os classificados só estreiam nas quartas, enfrentando os vencedores dos confrontos entre os times localizados entre a quinta e décima-segunda posições.

O Minas, porém, já pode comemorar a consolidação no G-8. A vitória sobre a Unitri, no superclássico disputado na última sexta-feira, deu ao time uma vantagem de seis vitórias sobre o nono colocado, Brasília. Assim, mesmo que não alcance o grupo dos quatro primeiros, o Minas garante a vantagem de decidir na Arena as oitavas-de-final.

Go Minas!

Comentários