Radar Ultras - Primeiro estrangeiro

Evan Roquemore já treina no Minas [Orlando Bento/Minas]

O Minas acertou com seu primeiro reforço internacional para a temporada 2017/2018. Trata-se do armador norte-americano Evan Roquemore. O atleta, vindo do basquetebol europeu, terá sua primeira experiência na América Latina. O Radar Ultras traz para você um pouco de sua trajetória.

Evan Roquemore, nascido em Henderson (Nevada-EUA), tem 25 anos e 1.90m, e disputou toda a sua carreira universitária por Santa Clara. A tradicional equipe dos Broncos, que atua na West Coast Conference, foi a formadora do histórico armador canadense Steve Nash (1992-96). Com sólida passagem universitária, Evan ganhou holofotes justamente por quebrar um recorde de Nash. O canadense era o recordista de assistências de Santa Clara, desde 1996, com 510 passes. Em 2014, alcançando 578 assistências, Roquemore tomou o posto de líder histórico da universidade.

Nash e Roquemore, recordistas com Santa Clara

Ao longo de 135 jogos com a camisa dos Broncos (2010/2014), Evan alcançou médias históricas de 12.0 pontos, 4.28 assistências, 3.2 rebotes e 0.9 roubos de bola/jogo. Sua boa performance como calouro, ano em que chegou a semi-final da Conferência, ainda rendeu o prêmio individual de escolha para All-Freshman Team da WCC de 2011.

Sua primeira experiência no basquetebol FIBA se deu na Europa, na temporada 2015/2016. Após uma curta passagem pelo Phoenix Galati, da Romênia, o armador chegou ao Koopspor, do Chipre, em janeiro de 2016. Alcançando médias de 27.4 pontos, 7.2 rebotes e 4.1 assistências, Evan foi eleito o MVP da liga local.

Para a temporada 2016/2017 o jogador acertou com o Nidaros Jets Trondhein, da Noruega. No campeonato nacional alcançou médias de 25.6 pontos, 6.1 rebotes, 4.8 assistências e 2.5 roubos de bola/jogo. Confira um vídeo com highligths do atleta no último ano:


Com aval - No Minas Evan será comandado por um ex-armador. A chancela de Flávio Espiga, que foi jogador do clube, traz um importante aval. Em entrevista ao clube o reforço aponta gostar do jogo 5 contra 5, afirmando que "gosto de pensar no jogo antes de fazer alguma jogada, algum movimento. Eu gosto de envolver a equipe, de fazer um jogo mais coletivo".

O atleta, que se mostrou antenado ao basquete brasileiro, se disse animado em jogar em Belo Horizonte. "O Minas é uma família, adoro o fato de estarem montando um time com jogadores jovens. Aqui é um Clube com tradição, é algo muito legal de se ver, porque muitos times não têm isso", afirmou.

MAIS: Giro nos elencos do NBB
Minas no Nike Elite NBB Camp
Defesa intensa

Início dos treinamentos

Comentários