Copa Avianca - Novo triunfo!

Teichmann foi fundamental na reação minastenista [Orlando Bento/Minas]

Vindo de duas vitórias contra rubro-negros, derrotando o Flamengo e o Vitória, o Minas teve novo desafio pela Copa Avianca na noite de sexta (27). O adversário da vez era o Basquete Cearense, franquia nordestina que buscava a reabilitação no torneio. Novamente atuando após um triunfo vascaíno no jogo anterior, os minstenistas buscavam a vitória para manter a co-liderança do preparatório.

As duas equipes tinham desfalques no garrafão. O Minas, do técnico Flávio Espiga, não contava com o ala-pivô Anderson Mosso. Já os cearenses, comandados por Alberto Bial, tinham o desfalque do pivô Bruno Fiorotto, que se lesionou no primeiro dia de competição. O armador norte-americano Evan Roquemore, que sentiu-se mal na noite anterior, se mostrou recuperado e foi para o jogo.

Quando a bola subiu o domínio foi cearense. Com um aproveitamento nos arremessos acima dos 57%, os visitantes castigavam a defensiva minastenista. O resultado da parcial foi de 19-12. No quarto seguinte, com Wesley e Teichmann enfrentando problemas com faltas, o americano Natan Benjamin cresceu no garrafão cearense. Mas o Minas, com dificuldades para chegar próximo a cesta, buscou os tiros a longa distância. Com seis bolas de três pontos, a equipe reequilibrou o jogo. O Basquete Cearense levava ao vestiário a vantagem de 34-31.

Na volta do intervalo o jogo seguiu tenso. Os cearenses se mantiveram a frente no placar durante quase toda a parcial. O crescimento do Minas partiu justamente na recuperação de seus pivôs, com Teichmann e Big alcançando o 100% nos arremessos e combinando para 14 pontos. Uma cesta de três de Roquemore, no último segundo, colocava o Minas na frente com 58-57. No quarto derradeiro os minastenistas viveram um breve momento de oscilação, logo seguido por uma arrancada que deixava o time com folga para respirar nos minutos finais. Partida consolidada com vitória por 75-69 [12x19/ 19x15/ 27x23/ 17x12].


O armador Evan Roquemore foi o cestinha do Minas, com 17 pontos. Ele também liderou o time em assistências, alcançando 6 passes concluídos em cestas. O ala-pivô Guilherme Teichamnn, beirando um duplo-duplo, foi o reboteiro, com 9 sobras - além de 11 pontos.


O treinador Espiga enfatizou o duro início de jogo, apontando que "eles estavam muito fechados, deixando poucas opções para a gente atacar. Acabamos arremessando muitas bolas de três pontos. Eu queria ter diversificado um pouco mais as formas de ataque. E a gente não estava conseguindo". Para o técnico, "no segundo tempo a gente começou a procurar outras saídas. Até que a gente achou uma movimentação de rolamento com o Teichmann, que deu certo, e, na defesa, começamos a trocar e chamar a resposabilidade no um contra um. Aí o jogo acabou virando para a gente".

Peça vital nessa virada, Teichmann descreveu a sua leitura do momento chave da partida. "No segundo tempo a gente conseguiu adaptar um pouco melhor. Eu fiquei boa parte do terceiro quarto fora, então deu para ver o que estava acontecendo, ter uma noção melhor de onde teriam os espaços. Eles estavam marcando de uma maneira bem agressiva no pick-and-roll, que daria umas brechas para mim. Eu vi bem isso de fora e consegui fazer na quadra. Acho que isso ajudou bastante pra gente desafogar. Eles estavam apertando muito e a gente conseguiu umas bolas fáceis assim".

Outubro Rosa - A noite contou com uma emocionante cerimônia em referência ao Outubro Rosa. Dez pacientes do Instituto Mário Penna, que estão em tratamento contra o câncer de mama, recepcionaram os atletas de Minas e Basquete Cearense antes do início da partida, os presenteando com camisas alusivas a campanha Outubro Rosa - que alerta para a prevenção e diagnóstico precoce da doença. Um momento de muita emoção para todos os presentes.

Outubro rosa foi lembrado na rodada [Orlando Bento/Minas]

Nas preliminares - Nas primeiras partidas realizadas nessa sexta, todas na Arena Minas, o Vasco venceu o Botafogo por 94-70 e o Flamengo derrotou o Vitória por 90-83. Minastenistas e vascaínos seguem invictos. O Vasco lidera a competição, seguido do Minas, ambos com 3-0. O Flamengo, com 2-1, o Basquete Cearense, com 1-2, e Vitória e Botafogo, com 0-3, vem na sequência.

Confira a tabela completa da Copa Avianca

Sequência - A Copa Avianca terá uma pausa nesse sábado, quando acontece o Media Day da LNB em Belo Horizonte. Os jogos voltam no domingo, com mais uma rodada tripla na Arena Minas. As 14h45 temos o duelo entre 
Vitória e Basquete Cearense, seguido de, as 17 horas, o clássico entre Flamengo e Vasco - com transmissão ao vivo do #NBBnaWeb. No jogo de encerramento, as 19h15, o Minas encara o Botafogo. Os ingressos ao ginásio, que dão direito a permanência nos três jogos do dia, custam R$20,oo (inteira) e R$10,oo (meia). Chegue mais cedo, pois os primeiros a adquirirem seus ingressos pagam um valor de R$10,oo (promocional).

MAIS: Copa Avianca: Vitória na estreia
Copa Avianca: Triunfo contra os baianos

Copa Avianca: adversários
Copa Avianca: O Minas vem aí

Comentários

Postar um comentário