Copa Brasil Sub16 - Em resumo

Minas subiu ao pódio da Copa Brasil Sub 16 [Lucas Souto/Ultras da Arena]

A primeira edição da Copa Brasil Sub16 chegou ao seu fim. Disputada em Belo Horizonte, utilizando as dependências do Mackenzie e do Minas, a competição contou com vinte e quatro equipes, contemplando nove estados e o Distrito Federal. O torneio é organizado pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB), em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), e teve em seu pódio pioneiro o Pinheiros, campeão, o Minas, vice, e o Flamengo, terceiro colocado.

Em um final de ano rico para a base minastenista, a equipe alcançou seu terceiro troféu nacional em um hiato de um mês. Além ao vice-campeonato no Sub 16, o clube foi terceiro colocado na Copa Brasil Sub 21, no Rio, e campeão da Copa Brasil Sub 14, em Belo Horizonte. Os minastenistas ainda estão em atividade na Liga de Desenvolvimento de Basquete, onde o time Sub 20 briga pela classificação para a segunda fase, e tem prevista a participação nas Copas sub 12, 13  e 18.

A campanha do vice-campeonato no Sub 16 começou na Areninha. Os minastenistas atuaram toda a primeira fase, em seus três jogos pelo Grupo F, em casa. Na estreia, encarando os paulistas do Piracicaba, o Minas alcançou seu placar mais dilatado, com 84-32. Na sequência bateu os paranaenses da Sociedade Thalia por 76-51. Em busca do primeiro lugar do grupo, finalizou vencendo os cariocas do Botafogo por 61-40.

Classificados com o segundo lugar geral da competição, os minastenistas se defrontaram com o Fluminense nas quartas-de-final. O time carioca havia se classificado com a sétima melhor campanha do torneio. O Minas se impôs e venceu por 78-52. Na tarde seguinte o adversário pela semi-final foi o Inter de Santos. Novamente em uma grande performance, a equipe aplicou 69-48 contra os paulistas.


União foi marca do Minas no Sub 16 [Lucas Souto/Ultras da Arena]

A finalíssima entre Minas e Pinheiros era um dos jogos mais aguardados do torneio. Ambos invictos, os dois times se sobressaíram na competição. Na decisão mostraram grade nível. Disputando um fortíssimo campeonato estadual em São Paulo, o Pinheiros se mostrou com mais rodagem e acabou se saindo melhor. A equipe conquistou a Copa ao vencer o Minas por 65-52 na decisão.


Após enaltecer o grande nível da Copa Brasil de Clubes Sub 16, o treinador minastenista Felipe Freitas se disse contente com a presença do Minas no pódio da competição. "Estou muito feliz com a evolução dos nossos atletas. Nós aprendemos muito nesse campeonato. Agora nós temos outros desafios pela frente, em outras competições, com mais finais por disputar. Vamos usar tudo o que a gente aprendeu aqui".


O respeitado técnico Flávio Davis Furtado, que atua como supervisor e treinador nas categorias de base do Minas, também faz saldo positivo da participação do clube nos nacionais. "Fazer que o Minas tenha um basquete respeitado no Brasil sempre foi o nosso sonho. E como diz um poeta mineiro, 'Os sonhos não envelhecem'. A gente tem que correr atrás deles. E é por isso que a gente está aqui, depois da conquista no Sub 14, chegando a final do Sub 16, e ainda com o 12, o 13 e o 18 por jogar", declarou.


A campanha do vice contou com o elenco composto por Arthur Bernardy, David Menezes, Pedro Pascoaloni, Tiago Dias, Thiago Azevedo, Gabriel Collaço, Lucca Innecco, Felipe 'Varejinho', Enzo Gasparini, Thiago Azevedo, Raphael Fernandes e Felipe Davis. A comissão técnica do Minas no torneio teve Felipe Freitas, como treinador, e Júlio Piu e Fernando Nandes, como auxiliares técnicos. Relembre o caminho até a final (clique na partida para ver a matéria do jogo):


Primeira fase:
30/10 - Minas 84x32 Piracicaba (SP)
31/10 - Minas 76x51 Sociedade Thalia (PR)
01/11 - Minas 61x40 Botafogo (RJ)

Quartas-de-final
02/11 - Minas 78x52 Fluminense (RJ)

Semi-final
03/11 - Minas 69x48 Inter de Santos (SP)

Final
04/11 - Minas 52 x 65 Pinheiros (SP)

Virou figurinha! - Assim como na Copa Sub 14, quando o Olympico Club foi um anfitrião extremamente atencioso, o Mackenzie Esporte Clube também foi preciso na recepção do Sub 16. Recebendo quatro dos seis grupos, e as partidas decisivas dos play-offs, tratou a competição com extremo profissionalismo. Fotos, artes com resultados e tabelas, transmissão ao vivo em alta definição de todas as partidas, bem como toda a estrutura necessária para as delegações vindas de fora.

Copa teve álbum de figurinhas oficial [Divulgação/Mackenzie]

Uma das novidades que mais agradou a todos os atletas, comissões, familiares e torcedores foi o álbum de figurinhas oficial da competição. O álbum contava com as delegações das vinte e quatro equipes participantes, com fotos de cada atleta. Pela arquibancada era comum ver atletas e familiares, de clubes distintos, literalmente 'trocando figurinhas'. Uma grande iniciativa e que deu certo.



Minas Storm no NBB - O Minas estreia no Novo Basquete Brasil na próxima terça (07), enfrentando o Vasco na Arena. Visando facilitar o acesso do torcedor, o clube criou a promoção "Torcida Minas Storm". Quem se cadastrar no site do clube, seguindo as regras da promoção, poderá retirar uma camisa da torcida e entrar gratuitamente nos jogos da equipe.

MAIS: Seleção: É campeão
Sub16: Avançou pra final
Sub16: Ficou com o vice
Sub16: Guia Ultras

Comentários