NBB 10 - Nada feito!

Audrei foi o minastenista mais eficiente na Bahia [Orlando Bento/Minas]

O início do tuor minastenista pelo nordeste começou na tarde desse domingo (14). A equipe foi à Salvador, na Bahia, para encarar o Vitória. O jogo, no ginásio de Cajazeiras, tinha um peso especial para ambas equipes. Os minastenistas, que vinham de vitória sobre o Pinheiros, ocupavam a oitava posição, com 7-5. Já os baianos eram os nonos, com campanha de 6-6. Assim, o vencedor do duelo terminaria a rodada no G8 do Novo Basquete Brasil.

O Minas chegava ao embate desfalcado de um de seus principais nomes na temporada. O ala-pivô Guilherme Teichmann cumpria suspensão automática após ser desqualificado no jogo anterior, frente ao Pinheiros. A expectativa da presença do pivô Ryan Rhoomes compondo o banco de reservas não se concretizou. O atleta, que chegou ao clube na última sexta, não foi relacionado. Pelo lado baiano, o treinador Régis Marrelli, que completava sua 300º partida de NBB, não contava com o ala-pivô Matt Shaw, que se recupera de lesão.

Em meio a um calor gigantesco, com o jogo as 15 horas no verão baiano, o que se viu de princípio foi uma superioridade dos mandantes. Sem nenhum ponto oriundo de seus homens do garrafão, o Minas largaria em desvantagem na primeira parcial, com 15-11. No quarto seguinte o Vitória iniciou uma corrida de 8-0. Com dificuldades no jogo interno, sem anotar nenhuma bola na área pintada nessa parcial, o Minas viu os baianos ampliarem a vantagem para 37-20.

Na volta do intervalo o Minas vivenciou o seu melhor momento ofensivo, alcançando mais que o dobro dos pontos conquistados em todo o primeiro tempo. Com Wesley anotando nove pontos, a equipe venceu o terceiro quarto por 24-22. Ainda assim os donos da casa mantinham uma boa diferença, com 59-44. Apesar de um bom sopro inicial no começo da última parcial, o Minas viu os baianos ampliarem o placar na etapa derradeira. No fim, triunfo do Vitória por 82-57 [15x11/ 22x9/ 22x24/ 23x13].

O ataque minastenista foi liderado por Audrei Parisotto, Evan Roquemore e Wesley Castro, com 11 pontos cada. Audrei foi, também, junto a Gegê Chaia, um dos líderes em assistências - distribuíram 4 passes resultantes em cestas cada. Fechando as estatísticas, Audrei foi o maior reboteiro do time, com 6 sobras.

Torcida Minas Storm - Ainda é possível fazer o cadastro para a promoção "Torcida Minas Storm". Os cem primeiros torcedores que chegaram na Arena, devidamente cadastrados no site do clube, receberão uma camisa na entrada do ginásio. Com ela, nas partidas seguintes do NBB, terão o acesso gratuito aos jogos - respeitando a capacidade do setor "Minas Storm", com 500 lugares. O cadastro da promoção segue disponível para o próximo jogo do Minas em casa - contra o Campo Mourão, no dia 29/01.


Sequência - Com a derrota o Minas apresenta campanha de 7-6, saindo pela primeira vez do G8 e ocupando a nona posição. A equipe fecha o primeiro turno da competição na próxima terça (16). Ainda atuando no nordeste, os minastenistas vão a Fortaleza para enfrentar o Basquete Cearense. Duelo fundamental na expectativa do grupo de retomar seu posto na primeira metade da tabela.

MAIS:  NBB: Torcida Minas Storm
NBB: Welcome, Ryan
NBB: Tá voando
NBB: Na raça! 

Comentários

Postar um comentário